terça-feira, 26 de maio de 2009

Acompanhamento

Morando praticamente a duas esquinas da obra, já era de se esperar que eu iria todos os dia ve-la. É lógico que no primeiro dia foi meio estranho ver o apartamento todo descascado. Ontem estive lá à noite e já achei que a obra tinha evoluido pouco desde a vépera. E se observo alguma coisa ou se me lembro de algum detalhe, ligo para o empreiteiro. Isto praticamente acontece todos os dias. Tenho receio que em breve ele não atenda mais meus telefonemas.

Um comentário:

  1. Faz parte do "seuviço" do cara, Beto... deixa de ser "Mau"... bjs

    ResponderExcluir